📆 Agenda da Sangha de 19 a 25/09 de 2022


AGENDA DA SEMANA
☀️ Sangha Platina Solaris – The Golden Walk Foundation 🔥

Atualizada em: 18/09/2022
🌐 Fuso Horário: Brazil Standard Time (BST) 🇧🇷 – Horário de Brasília

🗓 19/09: Segunda-feira

🕓 20h30 – Masculino Sagrado: The Golden Brotherhood com Fred & Mateus, via Instagram TGW. Informações, fale com 👉🏼 bit.ly/falecomomateus

🕓 20h30 – Aula PUC GO – A sagrada vulnerabilidade no trato consigo mesmo, com Saulo Nardelli, online para a faculdade pelo Teams.

🗓 20/09: Terça – feira


🕓19h00 – 🔅Meditação o Florescer em Mim Ananda Prem, no Espaço Shanti, Barreiras/BA. Informações, fale com Wanessa 👉🏼 bit.ly/WanessaMoraisTerapeuta

🕓19h00 – Frequência Arco Iris com Evânia Pereira, online via Zoom, aberto a toda Sangha.

.🗓 21/09: Quarta-feira

20h00 – 🔅Virada Zen – Meditação, com Saulo Nardelli e as queridas Maniva da Transcriativa, a Golden Ligth Worker Fabiana Lunkes, e June, transmitido via Instagram @saulonardelli aberto a toda Sangha.

🗓 22/09: Quinta-feira

🕓 09h00 – Escuta do Ser com Daniel Gabarra, gratuito e online via Zoom, aberto a toda Sangha.

🕓 18h00 – Palestra Setembro Amarelo – A depressão como um caminho para amar, no auditório do Prédio do ICT da Universidade Federal Fluminense, em Rio das Ostras/RJ, Informações fale com Jayanti.

🕓19h00 – 🔅Encontro O sagrado feminino em mim – Conexão com os pais, com Ananda Prem, no Espaço Shanti em Barreiras/BA. Informações e inscrições, fale com Wanessa 👉🏼 bit.ly/WanessaMoraisTerapeuta

🕓21h45 – Aula de Educação Mediúnica com Munhoz, via Zoom, aberto a toda a Sangha.
Essa atividade faz parte do Grupo de Canais da Sangha Platina Solaris, um grupo de acolhimento e auxílio no desenvolvimento mediúnico. Se deseja participar e desenvolver sua mediunidade, fale com o Munhoz aqui 👉🏼 bit.ly/falecomobrunomunhoz.

🗓23/09: Sexta-feira

🕓 08h08 – Meditação com Ananda, online no Instagram do The World United, aberto a toda Sangha

🕓 21h00 – Grace com Italma, Jayanti e Munhoz, online pelo Instagram @thegoldenwalkfoundation, aberto a toda Sangha.

🗓 24/09: Sábado

🕓 09h30 – :pouco_brilho: Pré-tenda Holística com Curso de Reiki Nível I, presencial no Golden Place Ouro Khrisna, em Casimiro de Abreu – RJ. Informações fale com Jayanti.
🕓 15h15 – Respiração consciente, com Fabiana Lunkes, gratuito online via Zoom, aberto a toda Sangha.

🕓 20h30 – Eu amo você – Meditação em Buddha Fielding com Munhoz, online via Instagram, aberto a toda Sangha.

🗓 25/09: Domingo

🕓 09h30 – 🔅 Tenda Holística no Golden Place Ouro Krshna Haras Rosa dos Ventos – Rio das Ostras/RJ. Informações fale com 👉🏼 Jayanti

🕓16h – Envio de Energia, Luz & Amor com a Egrégora Platina Ouro e o grupo de curadores Ponta de Lança. Envie os nomes até às 15h51 para Italma aqui👉🏼 Italma

🕓 17h – Grace com Saulo na Tenda Holística em Rio das Ostras/RJ. Informações fale com 👉🏼 Jayanti

🔅A participação nas atividades assinaladas se dá mediante inscrição prévia. 

Quer participar de alguma atividade? A Sangha está de portas abertas. Fale aqui 👉🏼 bit.ly/falecomananda . Saiba mais sobre nós:
The Golden Walk: bit.ly/thegoldenwalk
Saulo, tutor da Sangha e condutor da Caminhada de Ouro: bit.ly/almapresente
Seja um voluntário: bit.ly/sejaumvoluntariosangha

O Movimento The Golden Walk está manifestando a Primeira das Doze Estações de Aliança com o Divino a serem construídas pelo Planeta: a Estação Flor do Alto, na Bahia. Um incrível Portal de Compaixão se ativa em meio às grandes chapadas da região. Uma Estação que denominamos B’nai Or. Saiba mais 👉🏼 bit.ly/projetoexecutivoflordoalto

ℹ️ Dúvidas ou informações, fale com o Ananda aqui 👉🏼 bit.ly/falecomananda

espiritualidade

Você já acompanha a Sangha Platina Solaris em todas as plataformas?

O Presente de Bhagavan

Um final de semana especial para todos nós que fazemos parte da incrível Sangha Platina Solaris, tenho certeza.

Dos dias 03 a 05 de dezembro de 2021, nosso querido tutor Saulo, o engenheiro Ovane e o arquiteto Daniel foram até a cidade e São Gonçalo do Rio das Pedras (MG) receber a terra para a construção da segunda Estação de Luz.

Daniel, Saulo e Ovane.

Saulo foi recebido com muito carinho e zelo pela Silvana da Cunha, essa mesma querida que trouxe a Cura Quântica (TQC), em sua casa.

Todos tiveram momentos incríveis e gostaríamos de agradecer o carinho e amorosidade com qual fomos todos recebidos.

Saulo e Silvana apreciando a vista

Ao final de toda essa aventura, Silvana sentiu em seu coração de presentear-nos com uma benção, em forma de cartas de Sri Amma-Bhagavan.

Ela recebeu esse presente em 2007 em sua viagem à Índia quando tornou-se Trainer na Oneness University e é muito especial para ela e para todos nós, também!

Um momento emocionante, com certeza!

A nossa imensa gratidão como Sangha, a essa consciência, que brilha tanto amor.

Essa é a nossa história em gotas.

A Sangha Platina Solaris, em amor!

Vídeo Estréia sobre tecnologia, criatividade e nomadismo.

Amanhã, domingo 14/11 às 20h30, estreia em nosso canal do YouTube, um vídeo curto onde nosso tutor Saulo faz um breve comentário lúcido e profundo sobre o evento em que foi convidado a participar: o borogoday.

Na última semana de outubro Saulo foi convidado para estar em Salvador (BA) junto à executivos de empresas como Microsoft, Amazon AWS, Sky, Pinterest, Cubo Itaú dentre outros; para falar um pouco sobre a “Espiritualidade Prática” no maior Evento de Transformação Criativa do Brasil chancelado pela Unesco: o Borogoday! Ao todo, foi mapeado mais de 10 mil participantes em 3 dias de evento.

Fizemos um vídeo de 1’15” (um minutinho e quinze segundos!) contando um pouco sobre o evento e compartilhamos com você, tá logo abaixo, no link.

Mas, olha: o vídeo estréia amanhã, domingo (14/11) às 20h30 em nosso canal do YouTube, então não se esqueça de colocar o “lembrete” para não perder a estréia!

Tenha acesso ao vídeo clicando no link abaixo:

Tecnologia, nomadismo e criatividade!

Esse foi um passo muito importante para todos nós da Sangha Platina Solaris, pois conseguimos falar de propósito e projetos sendo regidos pelo coração, junto à grandes líderes.

Sermos convidados a estar em um evento chancelado pela Unesco, pela Prefeitura de Salvador, a GOL Linhas Aéreas, Havaianas, SKY, HSM, Microsoft; dentre outras grandes marcas só nos faz acreditar que o caminho está aberto a um olhar gentil ao próximo.

Vamos juntos? Namastê.

DEPOIMENTO DA MADHAVA: SATSANG ‘SINTO MUITO’

Saulo, tutor da Sangha Platina Solaris, iniciou no dia 14/09/21 uma série de 4 satsangs, chamada O Poder do Ho’oponopono. Cada satsang da série traz como tema os decretos do Ho’oponopono: Sinto Muito, Me Perdoe, Obrigado, e Eu te amo, e hoje trazemos aqui um depoimento muito especial sobre o primeiro satsang dessa série, que fala do Sinto Muito.

A querida voluntária Madhava Yah compartilhou com toda a sangha sua experiência durante a meditação realizada durante o satsang, e compartilhamos aqui para que você também se permita todas as possibilidades que estão disponíveis a nós quando nos colocamos vulneráveis para que a Luz se manifeste e flua através de nós.

“Bom dia a todos.
Quero contar minha experiência de ontem na meditação Sinto Muito com Saulo.
Tava tudo bem, até que na meditação ele falou para que fosse abrindo as portas, e a primeira porta, que foi a do coronário, já estava aberta. Como sempre eu senti a presença da luz pelo meu coronário, o que eu sinto sempre nas meditações, e foi se abrindo a porta da garganta, a porta do coração… de todos os chakras.

A do coração foi muito forte. Eu comecei sentir algumas coisas diferentes no meu corpo, e cada vez que as portas iam se abrindo em mim, a luz ia ficando mais forte, porque cada vez que abria as portas, a luz saía. E foi ficando muito forte. Chegou um ponto que eu não sentia mais o meu corpo – era só luz. Era uma luz muito forte, uma luz meio quadriculada com um azul índigo e um rosa bem forte que não era vermelho, era um tom de rosa bem forte.

Eu fiquei com medo porque, como eu não tô acostumada, tive medo, e eu suei muito, suava de pingar suor! Um suor muito grande. E aquela luz foi tomando totalmente conta de mim, que eu já não me percebia mais, o meu corpo. Eu só me percebia toda luz. Eu fiquei com medo. Inconscientemente eu abri o olho, depois fechei porque eu não conseguia nem abrir o olho, de tão forte que tava, fechei os olhos e veio na minha mente assim: medo de quê? Tudo tá no comando do Pai. Não precisa ter medo. Foi aí que eu tentei relaxar e me acalmar um pouco.

Até que foi indo devagarzinho… Eu fui tomando consciência do meu corpo aos poucos… E pra eu conseguir abrir o olho e enxergar alguma coisa demorou um pouco, porque quando eu abri o olho tava tudo muito turvo onde eu estava, e foi essa a experiência.

Depois eu refleti, pensei, pensei, e vi como que a gente não sabe quem a gente é mesmo. Tanto o Saulo fala: quem é você? ‘Eu sou Maria José’, eu sou isso, aquilo… Não é nada disso! Isso é o que você passa aqui no corpo. A gente não tem noção realmente do que a gente é, da luz que a gente é, da força que a gente é. A gente realmente não tem noção. O que eu percebi ali foi no momento que eu me entreguei, que eu abri as portas, eu tive uma mínima percepção da luz que todos nós somos. Foi esse o entendimento que eu tive. Um bom dia a todos.” Madhava Yah

Assista ao Satsang completo abaixo e inscreva-se no nosso canal do YouTube, que tem quase mil conteúdos gratuitos voltados para o despertar espiritual e expansão da consciência.

#EUSOUFLORDOALTO: CONHEÇA ESSA HISTÓRIA

Se você chegou até esse post, provavelmente você já deve saber que a Sangha Platina Solaris está desde janeiro em Barreiras, na Bahia, para a construção da Estação Flor do Alto. Em integração com a comunidade, temos realizado diversas atividades voltadas para o despertar e expansão da consciência, além de várias reuniões e parcerias voltadas para a construção da Estação. Mas como chegamos até aqui? Hoje você irá conhecer nossa história desde o início. (Senta que lá vem história! 😂)

Tudo começou em 2014, quando Saulo Nardelli, um empresário de sucesso do ramo alimentício e publicitário, viu seus negócios falirem e sua carreira entrar em colapso. Ele precisou vender suas empresas por uma moeda de 1 real, como ele conta, e tudo o que havia conquistado até então foi por água abaixo. Reuniu todo o dinheiro que tinha, pagou fornecedores e funcionários, parte do dinheiro destinou a seus pais, e foi exatamente quando parecia não restar mais nada que o seu processo de despertar espiritual começou.

Nesse período em que tudo estava ruindo, ainda em 2014, Saulo foi com amigos a uma aula de acroyoga em Belo Horizonte e lá conheceu Angélica (Prema Dhyaan), que se tornaria sua companheira de vida. Assim que eles se conheceram Saulo precisou recomeçar sua vida com R$ 200. Foi com esse dinheiro que ele se reinseriu no mercado de trabalho, reconstruiu sua carreira e se tornou um executivo de referência na área de Marketing e Vendas.

Em meio a reuniões, viagens de avião frequentes e congressos, Saulo dialogava constantemente consigo mesmo e com Deus. Em um processo intenso de conhecer a si mesmo, expandia cada vez mais sua consciência em conexão com o Conhecimento Firme e a Verdade Maior. Tudo isso acontecia enquanto ele ministrava palestras e treinamentos para milhares de pessoas ao redor do país e se tornava cada vez mais conhecido no mercado da publicidade.

Saulo, com Virtudes já despertas em seu coração, se reergueu e se tornou especialista em Inbound Marketing & Sales treinado pelas principais referências do Brasil e do mundo como HubSpot, Resultados Digitais, Rock Content dentre outras. Treinou mais de 1.400 agências de publicidade no país, além de times comerciais e de marketing de inúmeras empresas de diversos segmentos como o de tecnologia, construtoras, incorporadoras e imobiliárias, trazendo o conceito pioneiro de Inbound Sales Human to Human no Brasil.

Então, Saulo e Angélica foram morar juntos em Belo Horizonte. Já grávidos da Kaisa, a primogênita do casal, Saulo foi se entregando cada vez mais ao seu processo espiritual, até que, numa tarde de 2018 enquanto tomava café, ele alcançou a Iluminação. Foi recebido por Bhagavan, que disse a ele: “você tem o Sol e a Lua em seu nome. É hora de brilhar“, palavras que ele só entenderia muito tempo depois. Claro que esse processo foi muito mais complexo do que relatamos aqui, mas esse é apenas um breve resumo.

E assim veio o chamado diretamente da Fonte (ou Deus, ou como você preferir chamar): Saulo foi convocado para começar a falar sobre esse processo com outras pessoas. No início ele teve dificuldade de entender como faria isso, o que iria falar ou quem iria querer escutá-lo, mas confiou em sua missão e assim começou a convidar pessoas para a “salinha de casa”, como eles brincam. Começou com um, que chamou mais alguns, esses alguns chamaram mais uns outros, e quando deram conta os encontros já reuniam mais de 30 pessoas, que mal cabiam na sala.

Encontro na “salinha lá de casa”, como Saulo e Angélica brincam até hoje.

E assim a Sangha Platina Solaris se formou, iniciando pela Sangha BH, e pouco a pouco começou a se expandir, com a adesão de cada vez mais pessoas se voluntariando para servir junto às fileiras da Luz e entrando em lindos processos de autoconhecimento, curas e despertar.

Assim foi criando corpo o Projeto The Golden Walk: a Caminhada de Ouro, com a realização de diversas ações desinteressadas como visitas a hospitais e orfanatos, doações sociais, caminhadas conscientes com coleta de lixo, atendimento gratuito a pessoas com câncer, e diversas outras ações. Desde essa época, Saulo já sabia que sua missão era a construção de 12 casas ao redor do planeta, mas só mais tarde ele viria saber que essas casas se tratavam, na verdade, de Estações de Luz.

Nesse período, Saulo e Angélica engravidaram de Dan, que veio para ancorar o poder de Deus em nós. Dan não chegou a nascer – Angélica passou por uma perda gestacional -, mas ainda assim ele trouxe uma energia muito especial e muito importante para todos nós e para o projeto.

Em um salto de fé, abandonando toda a vida, conforto e rede de apoio que tinham em BH, em 2019 a Família de Luz sentiu o forte chamado no coração de expandir o projeto e se mudou para a cidade de Búzios (RJ), em um local ligado à Espiritualidade em meio a uma reserva florestal com 10mil hectares de mata atlântica reservada. A partir desse salto em doação e entrega abnegada da família, totalmente entregues ao projeto sem nenhum auxílio ou renda, a Sangha e o Projeto se concretizaram em terra.

Em março, Saulo e Angélica engravidaram da Eli Yah, a terceira filha do casal que, assim como Kaisa, nasceu em casa, em parto domiciliar. Eli nasceu em junho de 2019, aumentando a família com muito amor e trazendo também forte ancoramento e expansão energética para a sangha.

Em Búzios, na reserva em que moravam, Saulo começou a realizar meditações, satsangs, darshans, transmissão de bençãos, discursos, e cada vez mais pessoas entravam para integrar o grupo. No final de agosto de 2019 aconteceu o primeiro retiro espiritual com toda a sangha: o Retire-se!, em que a energia se estabeleceu e foi aberto o portal do Projeto The Golden Walk: a Caminhada de Ouro.

Veja algumas fotos do retiro:

A partir do retiro, as atividades do projeto foram se intensificando e cada vez mais projetos de luz foram sendo realizados através do voluntariado, que atuava de forma presencial e também online. A sangha se expandiu pela região dos lagos, e ressaltamos aqui a Sangha de Rio das Ostras, que sempre realizou diversas atividades com muita força de vontade e entrega.

Como Saulo já sabia e já havia preparado toda a sangha para o que estava por vir, em março de 2020, com o início da pandemia, e as atividades presenciais pararam completamente. Nesse momento, o voluntariado estruturou junto ao Saulo toda a base do projeto, em uma organização interna fundamental para todo o movimento. Assim, o voluntariado online aumentou em peso, e se intensificaram as atividades via Zoom e redes sociais, com diversos satsangs, darshans, transmissão de bençãos, meditações, orações, envios de luz, grupo de acolhimento, formação de mais de 400 novos reikianos gratuitamente, encontros do sagrado feminino e masculino, lives, aulas de hatha yoga, de educação mediúnica, de arteterapia, atividades com música e dança, e muito, muito mais.

Foi durante esse período, ainda no início da pandemia, que descobrimos que a primeira Estação de Luz já estava a caminho e seria construída no interior da Bahia: através da sugestão de um voluntário com relação a essa região, Deus expandiu nosso olhar e nos guiou para onde deveríamos ir. Em outubro de 2020, Saulo viajou para Barreiras, no oeste baiano, com o voluntário Ovane Buzzi e o arquiteto Daniel Nardelli, em busca de um terreno para a construção da estação 1: a Estação Flor do Alto – a Estação da Compaixão.

Eles ficaram cerca de uma semana em Barreiras com uma agenda lotada de visitas a diversos terrenos, reuniões, parcerias firmadas, encontros com o poder público e privado, conheceram muitas pessoas e foram muito bem recebidos. Nessa ocasião, os três se apresentaram para todas as lideranças espirituais da região, pedindo licença para a chegada do projeto The Golden Walk em Barreiras.

Em janeiro de 2021, a Família de Luz e voluntários da sangha de várias partes do Brasil se mudaram para Barreiras para iniciar as primeiras movimentações para a manifestação da Estação Flor do Alto. Assim nasceu o Golden Place Rosa de Ouro, um portal de ancoramento de Luz no cerrado baiano e também residência de uma família de 11 pessoas.

Voluntários residentes do Golden Place Rosa de Ouro, em Barreiras, na Bahia.

Desde janeiro de 2021, muitos projetos vêm sendo desenvolvidos junto à comunidade de Barreiras, dentre eles: parceria com Associação de Mulheres Empreendedoras do Assentamento Rio Branco juntamente com professores da região, apoiando na construção de uma Casa de Farinha; parcerias com a Casa do Trabalhador, com oferecimento de curso como Formação em Reiki Nível I, módulo de Desenvolvimento Pessoal dentro de curso para jovens sobre inserção no mercado de trabalho, e iniciativas educativas; treinamento de voluntários em sistema agroflorestal com o parceiro George, da Chácara Frutos do Mato; quintais agroflorestais e projetos de extensão em parceria com professores da região; parceria com fábrica de eco-tijolo para produção dentro da Estação Flor do Alto; parceria com o Rotary para desenvolvimento de uma usina de reciclagem de vidro dentro da Estação; dentre várias outras ações.

A Estação Flor do Alto é um local de ancoramento de compaixão. Um local de paz, harmonia, integração do ser humano com a natureza, a ancestralidade, a comunidade local e de contato com a espiritualidade. Será um espaço para habitarmos e coexistirmos em comunidade com todos os outros seres. Os principais pilares da Estação são: sustentabilidade, educação e espiritualidade, através da realização de diversas práticas que integram físico, mental, social e espiritual, contribuindo para o desenvolvimento pessoal e expansão de consciência de todos os que lá habitarem.

A Estação trará para a comunidade tecnologias autossustentáveis, com plantio de agroecológicos orgânicos em sistema agroflorestal, energias bio renováveis, wetlands (tratamento de esgoto) e recuperação do solo e de nascentes de rios, práticas de reciclagem e redução de resíduos, arquitetura utilizando matéria-prima natural, e muito mais.

Trazendo a educação como peça fundamental em todo esse processo, uma escola rural acessível para toda a população devolverá para a comunidade ensino de qualidade, além dos vários cursos profissionalizantes, parcerias com professores, universidades e iniciativas educacionais locais da cidade de Barreiras que já estão em desenvolvimento. Uma Ecovila e Ashram trarão a prática espiritual para o cotidiano da vida em comunidade na Estação, auxiliando em processos de cura, despertar e expansão da consciência de todos os que nela habitam ou frequentam.

Ser o Amor em Movimento é quem somos.
Nós acreditamos que o poder da terra e do coletivo é capaz de curar e nos integrar com gentileza e alegria.
Nós acreditamos que nós mesmos somos os principais agentes da mudança que queremos ver no mundo.

Ser a Luz em Ação é o nosso propósito.
Nós assumimos a responsabilidade como agentes voluntários de transformação e mudança.
Trazemos a possibilidade real de uma profunda mudança de consciência, despertando virtudes pelo altruísmo e serviço desinteressado.

Precisamos nos conhecer para nos realizarmos.
O fruto do nosso propósito é a virada de chave na consciência coletiva, de forma gentil.

Nós estamos prontos para o próximo passo.

O próximo passo é a compra da terra para construir no Oeste Baiano a nossa primeira Estação, a Estação da Compaixão.
Seremos cada vez mais o amor em movimento, se você for conosco a luz em ação.

Ajude-nos a construir a Estação Flor do Alto, doando qualquer valor no botão abaixo.

Ou acesse: apoia.se/flordoalto.

Se você leu até aqui, deixa nos comentários uma palavra e um emoji sobre o que você achou da nossa história até hoje.
E você pode fazer parte dessa história, estamos apenas começando!
Clique aqui para fazer parte do projeto e contribuir com a sua Luz para o que estamos realizando.

Você já acompanha a Sangha Platina Solaris em todas as plataformas?

AS QUATRO CHAMAS GUARDIÃS

Dentro de toda a sacralidade da espiritualidade que atua junto à nós, apresentaram-se a nós quatro Entidades Guardiãs para nos apoiar no que estamos realizando no planeta como Família de Luz.

Estamos falando de Quatro Chamas que atuam com a Egrégora Espiritual da Sangha Platina Solaris intensificando e fortalecendo a abertura do coração. São novos/velhos amigos que se juntam a nós nesse momento para auxiliar na manifestação do nosso propósito: reacender a Chama Viva da Consciência Divina no coração da Humanidade, para a Ascensão em Unidade.

As quatro chamas se fazem presentes também na Estação Flor do Alto, auxiliando em todo o processo de abertura do coração dentro da primeira estação, e se parecem com a imagem que você vê no topo desta página.

A primeira Chama Guardiã vem sob o nome EL CHAI (pronuncia-se ”El Rai”), um nome em hebraico que significa Deus Vivo. Essa chama está ao Norte da estação, trazendo a relembrança da chama viva de Deus em todos nós. El Chai traz uma energia masculina, e sua presença pode ser convocada através da nota musical B (si).
O Deus da Criação Viva que tudo permeia. (Josué 3:10)
Ó El Chai, manifesta a Tua presença viva e a Tua mensagem de Amor para mim, teu servo humilde neste Teu planeta em meio a miríades de mundos Teus. Amen.

A segunda Chama Guardiã se apresenta como EL GIBBOR, um nome também em hebraico que significa Deus de Força ou Deus Poderoso. El Gibbor está a Leste, trazendo todo o poder do Deus que se manifesta para todos nós também em uma energia masculina. Através do entoar da nota musical F# (fá sustenido), El Gibbor é convocado.
O Deus que atua através da sinergia fraterna manifestada nos rigores da vida (Isaías 10:21; Jeremias 32:18).
Ó Poder Divino que chamamos El Gibbor, que Tu me ajudes na minha fraqueza a entender os mistérios da mais ínfima partícula de Luz que expressa a plenitude de um bilhão de sóis, e que aguarda os Filhos e Filhas que serão os novos Adãos e Evas. Amen.

NAMO é o nome da terceira entidade guardiã em forma de chama: a saudação, reverência ao Poder Divino. Namo (lê-se ”namô”) traz uma energia feminina, e está associada ao Sul na estação. Pode-ser chamada através da nota E (mi).

A quarta e última Chama Guardiã chama-se SO HUNG (lê-se ”sôu hãm”).
SO é a energia, a vibração de fusão, e HUNG é a vibração do Infinito, daquilo que é Real; a essência da Criação. Assim, SO HUNG significa Eu Sou Vós, a representação da Unidade de tudo aquilo que É. Essa chama traz uma energia feminina, que está a Oeste e é convocada também através da nota musical F# (fá sustenido).

EL CHAI
EL GIBBOR

NAMO
SO HUNG

❤️🔥❤️
🔥❤️🔥
❤️🔥❤️

RELATO DA JAYANTI: CAMINHADA CONSCIENTE DE 28/08/21

“Tudo começou no dia anterior, no dia 27.
Dentro dos meus processos internos de despertar, estou sempre me questionando, me investigando, me autorresponsabilizando pelos meus processos, por minhas decisões e tudo mais.

Num momento de meditação, eu tava conversando com o Pai, pedindo pra Ele reformar no meu coração o que deveria ser feito, se realmente era aquilo que eu tava sentindo no meu coração, pra que Ele pudesse me dar um sinal. E imediatamente nesse momento veio na minha tela mental uma abelha, como se fosse aparecer uma abelha pra mim. Aí deixei que isso viesse e fosse embora, e morreu o assunto.

No dia seguinte fomos fazer a Caminhada aqui no Rio de Janeiro, na cidade de Rio das Ostras, e assim que a gente fez toda a conexão com a Egrégora da Sangha Platina Solaris e da Ponta de Lança e agradecemos por estar ali, logo no início veio uma abelha em mim. Ela pousou em mim e eu fiquei muito emocionada com aquilo porque eu entendi o recado ali. Ela foi percorrendo todo o meu braço direito, onde eu tenho uma tatuagem da Deusa Saraswati, e eu agradeci aquela Presença, eu agradeci a mensagem e falei OK, vou meditar sobre isso durante a minha Caminhada.

Logo mais à frente ela pousou em mim de novo. Aí eu pensei: essa tá querendo ficar comigo mesmo. Fiz um gesto com o braço pra ela sair, continuei catando lixo, mas ela veio de novo.

Quando ela veio de novo, ela foi no braço direito, onde eu tenho outra tatuagem que é ‘Om Namah Shivaya’. E ela ficou muito tempo parada ali, e eu agradeci novamente por aquele momento e falei ‘cê já pode ir!’. Fiz com o braço pra ela voar e ela voou.

Continuei mais à frente, e então senti que ela pousou no meu ombro, também o ombro direito. Só que eu tava de mochila e a mochila foi em cima dela. O que que aconteceu? Ela me picou. Eu não tenho como não ficar emocionada porque eu sei que a abelha quando perde o seu ferrão, ela morre.

Eu não sei qual o sentido que essa abelha perdeu a vida por mim, para mim, pra me trazer um recado do Divino, mas isso tá claro. Eu ainda não consegui compreender tamanha entrega dela, tamanha doação. Talvez seja o próprio espelho, né? E doeu, ardeu, mas eu agradeci muito, muito, eu honrei aquele momento ali. Ainda tô processando tudo isso, tudo o que significou isso.

Recebemos recentemente um pedido da Egrégora para que a Chama do Rio de Janeiro se mantenha acesa e eu tomei isso pra mim, entrei no grupo dos Realizadores e hoje eu tô como Realizadora do Rio de Janeiro. Pretendo fazer tudo que eu possa pra ajudar, contribuir pra que essa chama permaneça acesa.

Foi muito maravilhosa a Caminhada, é muita benção e muita gratidão por todo esse movimento: primeiro a gente pisa, depois a gente recebe. E cada vez mais o Pai nos prova que é dessa forma que a gente deve agir.”

Depoimento da voluntária Jayanti, da Sangha de Rio das Ostras