Um Poema à Presença

Por meio de poema, Fred se manifestou. Por se entregar em nosso “Retire-se!” – ele se encontrou.

Coração no vazio

Ah! Coração que não cabe mais no peito!

Faz um tempo que não batia desse jeito

Essa batida na garganta faz um nó

Pulsa forte numa frequência só

Vibra tudo! O corpo todo amolece

Bagunça as ideias; na cabeça também mexe

Fuxica, cutuca, saltita e muito dança

No puro Amor ele de cabeça se lança.

Reconheço

Tudo sou; tudo sei

Mesmo quando sem saber

Já dormi; já acordei

Fico de pé ao alvorecer

Já fui; já cheguei

Contemplo o Sol, contemplo o Ser

Já senti; já pensei

Me retiro ao me Reconhecer

Saudação

Saúdo os encontros e desencontros

Os afagos e desavenças

A plena saúde e também a doença

O eu lúcido bem como o “tonto”

Saúdo o nada, o vazio, o infinito.

Saúdo o Eterno.

Agradecimento da Presença

Em pulsação agradece o coração

Em plenitude, sorri integralmente

A cada Ser que aqui se faz Presente

❤🙏🏽✨❤

Frederico Gesteira

@fredgestera

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s