Contração & Expansão

O mundo se manifesta em um constante expandir e contrair. A própria respiração é um dos exemplos dessa representação. Na inspiração, nos aproximamos, nos unimos, relembramos o afeto, a troca, a partilha, a comunhão. Na expiração nos distanciamos, nos silenciamos, favorecendo o encontro com as reflexões mais profundas, a imersão em si, sobre nossas próprias necessidades internas.

Como uma dança de ir e vir, acolhemos o expandir e contrair; respeitamos o momento importante da inspiração e o necessário da expiração. Toda a luz e a sombra do que habita, permitimos assim acessar a totalidade, do que é além, da transcendência, da graça, do amor incondicional, da unidade, do que extrapola qualquer compreensão da mente e nos faz acessar ao entendimento profundo da alma.

É como diluir-se, desfazer-se, é permitir morrer, fluir como um pássaro de asas abertas ao infinito que há que a SerVir.

A Tua Graça me basta.

Eu amo todos vocês profundamente.

Cíntia Freire

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s